Nunes no Flamengo: a história do Artilheiro das Decisões

O Flamengo é um time cheio de histórias, se você é um leitor do blog da Espaço Rubro Negro, com certeza, já ficou sabendo de algumas delas. E os responsáveis por essa história repletas de títulos, vontade de vencer e muito bola no pé são os incríveis jogadores que passaram e estão no time que é um dos maiores do Brasil.

Um deles é o grande João Batista Nunes de Oliveira, carinhosamente apelidado de Nunes do Flamengo ou Artilheiro das Decisões. Esse craque da década de 70 e 80 fez o seu hall da fama no time com muita glória, sendo destaque de campeonatos importantes, como a Libertadores que ocorreu em 1981.

Mas para entender melhor toda essa trajetória de sucesso, devemos começar com as informações mais básicas, certo? Por isso, a Espaço Rubro Negro contará a história do Nunes desde o começo. Acompanhe para saber mais!

Nunes do Flamengo: biografia resumida

O jogador nasceu em Cedro de São João, no estado de Sergipe, no dia 20 de maio de 1954. No ano de 1969, sua família se mudou para o Rio de Janeiro, sendo assim, com 14 anos, ele começou a jogar no time infantil do Flamengo. Podemos dizer que o ex-jogador é um achado do time de base, afinal ele fez história, não é?

Ele ficou cinco anos jogando no infantil, mas, depois, quando ficou maior de idade, todos os dirigentes do clube optaram por mandá-lo embora, pois diziam que não viam potencial na maneira que ele jogava.

Frustrado por não conseguir consolidar sua carreira como profissional no Flamengo, ele viajou para outros estados para ficar em outros times menores e amadores, por exemplo, na Bahia, no Internacional da Serra da Carnaíba, e em Sergipe, no time chamado Confiança. Nunes era tão tranquilo e trabalhava duro que a diretora social do time do Confiança o elogiou, dizendo que ele corria muito e, sempre que podia, fazia gol, ou seja, quase todos os jogos.

Ele usava a camisa 9 no time do Dragão do Bairro Industrial, tornando-se ídolo porque ele não se cansava de fazer gols, então a torcida proletária o amava.

Já no ano de 1976, o jogador foi contratado pelo time Santa Cruz de Pernambuco e ficou três anos por lá, brilhando com seus gols. Assim, ele foi um dos principais membros que atuou nas vitórias dos campeonatos de 76 e 78. Ele foi vendido para o rival histórico do Mengão, o Fluminense, mas logo depois conquistou, novamente, o Flamengo e voltou a vestir a camisa rubro-negra.

Carreira do Nunes no Flamengo: o astro da década de 80

Vestindo novamente a camisa do Mengão, Nunes continuou a sua carreira brilhante, tornando-se um dos jogadores que contribui para uma fase excelente do time, uma das melhores da história.

Dos anos de 1980 a 1983, o Fla brilhou, conseguindo inúmeros títulos que o consagraram ainda mais. Nesse período de 3 anos, o time alcançou um tricampeonato Brasileiro. O Brasileirão de 1981 foi memorável, assim como o resto dos campeonatos. Nesse mesmo ano, o Mengão ganhou a sua primeira Libertadores da América, vencendo o Cobreola, time chileno, com 2 gols do grande Zico.

Com sua vontade de vencer, Nunes do Flamengo aproveitava todas as oportunidades que tinha para marcar, o que fez com que ele se tornasse um dos ídolos do Flamengo, aclamado pela torcida. Pois é, sua raça e vontade de vencer eram tão grandes que ele foi apelidado de Artilheiro das Decisões, visto que em todos os campeonatos com sua participação, encontrava uma maneira de marcar gols para o Mengão.

Algumas vítimas do jogador que podemos citar foram o Atlético Mineiro, no Brasileirão de 1980, do qual o Mengo venceu por 3 a 2, o Liverpool, na Copa Intercontinental de 1981, que teve 3 gols a favor do Flamengo, e o time do Grêmio, também no Brasileirão, mas do ano de 1982, no qual o único gol foi de Nunes. Todas essas foram decisões em que o ex-jogador brilhou muito.

Com certeza a sua capacidade de pegar o peso do jogo para si e marcar o gol, levando o time à vitória, é algo que o Flamengo e todos os torcedores fiéis não esquecem. Não são todos os jogadores que têm capacidade de assumir essa responsabilidade e fazê-la valer com eficiência.

Ainda, o jogador participou de outros jogos no Brasileirão que aconteceu no ano de 1987. Não precisamos nem dizer que as vitórias foram graças à sua ajuda, certo? O time é todo o grupo de jogadores quem faz, mas há aqueles que se destacam e Nunes foi um desses jogadores. Em todo o seu tempo de atuação no time, 99 gols foram marcados em 214 jogos.

Depois disso, a atuação dele foi diminuindo, até passar por outros times. Mas é como o hino diz: “Uma vez Flamengo, sempre Flamengo”. O time rubro-negro admira o jogador, tanto que, em seu aniversário de 66 anos, Nunes foi presenteado com um busto seu, uma linda homenagem por todos os seus anos de dedicação, trabalho e muita vontade de vencer usando uma camisa de atacante.

Você conhecia as histórias desse jogador? Ele é só um dos muitos outros talentos de grandes artilheiros do Flamengo que passaram pela história do futebol brasileiro, transformando-o no fenômeno que é hoje, um dos maiores times do Brasil.

Aqui na Rubro-Negro, sempre buscamos mostrar diversas facetas da trajetória do time. Por isso, para acompanhar mais, conhecer outros jogadores e histórias, não deixe de nos acompanhar toda semana. Até a próxima!

Zico e Flamengo: uma trajetória histórica
Ídolos do Flamengo: 10 nomes que ficaram para a história